Contra tudo e todos, Inter é superado no Rio de Janeiro

 

Nesta quarta-feira (25/09), Inter e Flamengo se enfrentaram no Maracanã em partida da 21ª rodada do Brasileirão, segunda do returno do Campeonato. Iniciado às 21h30, o confronto, prejudicado pelas duas expulsões impostas pela arbitragem ao Clube do Povo ainda na etapa inicial, foi encerrado com o 3 a 1 no placar para os mandantes, gol de Edenilson para o Colorado, enquanto Gabriel Barbosa, De Arrascaeta e Bruno Henrique anotaram para o time carioca.

Bem postado no seu campo e apostando em saídas rápidas pelas laterais, o Inter começou a partida disposto a esfriar o ânimo da torcida flamenguista que, em um Maracanã lotado, tentava empurrar a equipe mandante para o ataque. Aos 14 minutos, contudo, em rara escapada, o Flamengo conseguiu cavar pênalti em lance que culminou tanto no gol de Gabriel Barbosa, quanto na expulsão de Bruno, decidida pelo VAR, sem que o árbitro sequer tenha ido ao monitor. 

Com um a menos em campo e também no placar, o Clube do Povo tratou de reduzir os espaços dos mandantes, mas nem por isso abandou os contra-ataques. Na melhor das chegadas vermelhas à frente, Guerrero, dentro da área, foi derrubado por trás pelo zagueiro Rodrigo Caio, mas, curiosamente, nada foi marcado. Por fim, quando o marcador já indicava 41 minutos, o camisa 9 colorado, completamente ensanguentado depois de sofrer mais uma agressão do zagueiro flamenguista, foi expulso por reclamação junto à arbitragem. Restando ao Inter nove jogadores em campo, o primeiro tempo foi encerrado aos 49 minutos.

http://www.internacional.com.br/

Contra, literalmente, tudo e todos, o Inter retornou para a etapa final disposto a converter toda a indignação com a arbitragem em motivação para o desenrolar da partida. Valente, o Colorado conseguiu empatar logo a 3 minutos, em grande de jogada de Patrick e Lindoso, encerrada com lindo arremate de Edenilson. Nem todo o empenho do Clube do Povo, entretanto, foi suficiente para superar a inferioridade numérica, que falou mais alto nos gols de De Arrascaeta e Bruno Henrique, oficializando o 3 a 1 como placar final.

Agora, o Colorado volta suas atenções para novo confronto direto pelas primeiras colocações do Brasileirão. Quarto no campeonato, o Clube do Povo soma 36 pontos, contra 42 do Palmeiras, adversário na próxima rodada e que, com um jogo a cumprir, ocupa a segunda posição. O duelo, que já conta com serviço de jogo aberto, acontece neste domingo (29/09), às 16h, no Beira-Rio. 

http://www.internacional.com.br/

Confira os melhores momentos da partida:

Primeiro tempo:

2min – Boa escapada do Inter pela direita. De Bruno para Edenilson, e dele, de primeira, com Nico. Uruguaio avança em velocidade mas, no momento de penetrar na área adversária, sofre o desarme de Filipe Luís. Lateral para o Colorado.

http://www.internacional.com.br/

3min – Por pouco! Inter tem falta na intermediária defensiva, cobrada rápida por Cuesta. Ele lança Nico, que quase chega na bola, mas é antecipado por Diego Alves.

9min – Filipe Luís lança Bruno Henrique, buscando as costas da marcação colorada, mas Rodrigo Moledo, preciso, consegue a interceptação. No lance, o camisa 4 do Inter sentiu lesão, precisando sair. Quem entra em seu lugar é Klaus. 

14min – Gabriel Barbosa é lançado na frente, supera a marcação e invade a área colorada. O atacante flamenguista consegue superar Lomba, mas, no momento do arremate, vê Bruno interceptar o arremate. No entanto, a arbitragem assinalou pênalti do lateral no lance, ainda expulsando o camisa 2 do Inter.

19min – Flamengo abre o placar em cobrança de Gabriel Barbosa.

20min – Segunda alteração de Odair. Nico López deixa o campo para a entrada de Zeca.

http://www.internacional.com.br/

22min – Guerrero é lançado na região central do campo, domina no peito e, no momento em que partia para o contra-ataque, é atropelado por Rodrigo Caio. Árbitro apita a falta, mas não apresenta cartão.

http://www.internacional.com.br/

25min – Klaus! De Arrascaeta consegue o domínio na altura da marca do pênalti e, no momento em que armava a finalização, é providencialmente desarmado pelo zagueiro colorado. 

28min – Lomba, seguro! Everton Ribeiro manda o arremate de muito longe, firmemente defendido pelo goleiro colorado.

29min – Cartão amarelo para Willian Arão. Sem bola, o camisa 5 acertou o cotovelo em Nonato, fazendo sangrar o supercílio do meio-campista colorado.

http://www.internacional.com.br/

30min – LOMBA! Rafinha consegue cruzamento rasteiro perigoso, pela direita. Sem qualquer desvio no caminho, a bola chega viva ao goleiro do Inter, que, em lance de muito reflexo, faz a defesa.

http://www.internacional.com.br/

37min – Não foi nada? Guerrero recebe de Edenilson dentro da área e, no momento em que armava a finalização, é empurrado por Rodrigo Caio. Juíz não marcou nada.

41min – Lance perigoso do Flamengo. Everton Ribeiro cruza, Rodrigo Caio, na pequena área, desvia, e a bola corta toda a extensão da meta colorada. 

43min – Completamente ensanguentado após sofrer novo choque de Rodrigo Caio, o terceiro no jogo, Guerrero é expulso por reclamação.

47min – Após 4 minutos de paralisação, motivados pela injusta expulsão de Guerrero, a partida é reiniciada. Vamos a 49.

48min – Patrick faz excelente jogada pela esquerda e cava falta para o Inter, ao lado da grande área.

http://www.internacional.com.br/

49min – Zeca faz a cobrança, Arão corta, e o árbitro encerra o primeiro tempo.

Segundo tempo:

3min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! GOOOOOOOOOOOOOOL DO CLUBE DO POVO! INTER EMPATA, COM DOIS A MENOS! Patrick, em uma jogada ESPETACULAR, desarma Willian Arão, rente à linha lateral, desarma Rodrigo Caio, sobre o fundo do campo, e deixa com Lindoso. O volante ajeita para Edenilson que, de canhota, manda a bomba.

7min – Gabriel Barbosa avança pelo centro do campo e finaliza. Bloqueado, vê Edenilson mandar a bola pela lateral.

10min – De Arrascaeta sobe alto e completa cruzamento para o gol. Flamengo na frente.

18min – Everton Ribeiro pega a sobra de jogada de Bruno Henrique e consegue o arremate. A bola vai à direita da meta de Lomba.

20min – Bruno Henrique infiltra na área colorada e, entre os zagueiros do Inter, consegue o chute. A bola vai por cima.

23min – Edenilson desarma Filipe Luís pela direita, mas o árbitro assinala falta e apresenta o cartão para o camisa 8 do Inter.

http://www.internacional.com.br/

23min – Primeira mudança no Flamengo. Vem Reinier, sai Arão.

27min – Terceira e última alteração no Inter. Na vaga de Nonato, quem entra é Guilherme Parede.

29min – Bruno Henrique marca o terceiro para os mandantes.

31min – Grande escapada do Inter pela direita. Parede, dentro da área, recebe de Lindoso, supera Pablo Marí, leva até a linha de fundo e, inteligente, cava o escanteio.

32min – UUUHHHH!!! Escanteio cobrado no segundo pau, na medida para Cuesta, que escora para a confusão. Por ali surge Lindoso, que emenda de primeira, exigindo milagre de Diego Alves. Na volta, o volante consegue novo arremate, que tira tinta do travessão. Assim que a bola supera a linha de fundo, entretanto, a arbitragem indica impedimento no lance.

http://www.internacional.com.br/

35min – Patrick, um guerreiro pela esquerda, cava falta para o Inter, afugentando qualquer pressão dos cariocas.

39min – Segunda mudança nos mandantes. Vitinho por De Arrascaeta.

41min – Última troca do Flamengo. Berrío por Gabriel Barbosa.

41min – Zeca consegue grande falta para o Inter pela direita.

42min – Uh! Parede cobra na grande área, na marca do pênalti. Pablo Marí consegue o corte.

http://www.internacional.com.br/

45min – Mais dois minutos. Jogo vai a 47 nesta segunda etapa.

47min – Apita o árbitro, encerrando o confronto.

 

 

Ficha técnica:

Flamengo (3): Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão (Reinier) e Gérson; Everton Ribeiro, De Arrascaeta (Vitinho) e Bruno Henrique; Gabriel Barbosa (Berrío). Técnico: Jorge Jesus.

Internacional (1): Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo (Klaus), Víctor Cuesta e Uendel; Edenilson, Rodrigo Lindoso e Nonato (Guilherme Parede); Nico López (Zeca), Patrick e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Gabriel Barbosa, aos 19 minutos do primeiro tempo, De Arrascaeta, aos 10 minutos do segundo tempo, e Bruno Henrique, aos 29 minutos do segundo tempo (F). Edenilson, aos 3 minutos minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Willian Arão e Edenilson (F).

Cartões vermelhos: Bruno e Guerrero (I).

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, trio paulista. VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

Local: Maracanã – RJ.

Fonte: Sport Club Internacional