Em Brasília, Leite discute andamento de projetos da aviação regional

Em reunião na tarde desta quarta-feira (23/10), em Brasília, na Secretaria Nacional de Aviação Civil, o governador Eduardo Leite discutiu a situação dos principais projetos do Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS). Ao longo do encontro, foram avaliadas questões técnicas envolvendo os projetos, além de ajustes que serão feitos para viabilizar as obras.

“O nosso governo tem uma visão muito clara sobre a necessidade de desenvolvimento do Estado, em que pesem as dificuldades fiscais. A aviação regional é fundamental para isso, porque permite encurtar distâncias e nos dar mais competitividade”, afirma o governador.

O secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, reiterou a Leite o compromisso do governo federal com a construção do aeroporto de Vila Oliva, em Caxias do Sul, além das obras nos aeroportos de Porto Alegre, Passo Fundo, Santa Maria, Pelotas e Santo Ângelo.

No último mês, o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, esteve em Brasília em audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que garantiu a destinação de R$ 88 milhões para ampliação e modernização dos aeroportos de Santo Ângelo e Passo Fundo.

Ampliação e modernização

A verba está inclusa no PDAR-RS, programa desenvolvido pela Secretaria de Logística e Transportes por meio do Departamento Aeroportuário (DAP).

Cada aeroporto receberá R$ 44 milhões para investimentos, que incluem a construção de um novo terminal de passageiros e de um novo pátio para estacionamento de aeronaves, além da recuperação da pista.

O contrato para a ampliação e modernização do aeroporto Lauro Kurtz, de Passo Fundo, já está em vigência. A primeira etapa, que consiste na elaboração do projeto, foi finalizada pelo Estado. O documento foi submetido à aprovação da Secretaria Nacional da Aviação Civil e a previsão é de que as obras se iniciem nos próximos dias.

No caso do aeroporto de Sepé Tiaraju, em Santo Ângelo, o termo de compromisso para as obras ainda está em elaboração. A estimativa é que a licitação seja aberta até o início de 2020.

Participaram do encontro o secretário adjunto de Logística e Transportes, Eduardo Krause, e o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa.

Texto: Juliano Rodrigues e Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

Fonte: Portal do Estado do Rio Grande do Sul