Exposição Fotográfica Missões Jesuíticas – IPHAN São Miguel das Missões – RS

A Exposição conta com 30 fotos e estará no Sítio Histórico São Miguel Arcanjo de 18 de dezembro de 2018 até 31 de janeiro de 2019. O evento contará com a presença dos FOTÓGRAFOS EXPOSITORES e terá a participação da Superintendente do IPHAN – RS, Sra. Juliana Erpen, que liberou o acesso de todos ao Sítio Histórico na manhã do dia 18, terça-feira. Após esta data a Exposição percorrerá vários municípios missioneiros do Brasil, Argentina e Paraguai.

A região das Missões no noroeste do rio Grande do Sul é um destino turístico consagrado, recebendo, há décadas, turistas do Brasil e do mundo, mas predominantemente gaúchos que chegam, muitas vezes, em excursões de Escolas.

As Ruínas de São Miguel das Missões é o único Patrimônio Cultural da Humanidade existente no sul do país, título mundial recebido pela UNESCO em 1983.

Além de São Miguel das Missões, a região apresenta outros Sítios Históricos (os 7 Povos das Missões) localizados em cidades prósperas e acolhedoras. Ademais, outros municípios de colonização alemã, italiana e polonesa proporcionam uma “integração cultural” com o descendente de guarani, espanhol e português.

Foi nas Missões (então espanhola, depois portuguesa), que nasceu o atual Rio Grande do Sul, o gaúcho, o chimarrão e o churrasco.

É esta diversidade cultural que a Associação Amigos das Missões, com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN quer mostrar ao público de São Miguel das Missões e visitantes, através da Exposição Fotográfica Missões Jesuíticas.

Além do patrimônio da humanidade em São Miguel das Missões, o visitante verá fotos de outras reduções jesuíticas, locais tombados pelo IPHAN, como também fotos da paisagem que compõe o cenário do povo missioneiro no seu dia-a-dia, seus costumes e suas tradições.

Diariamente, são centenas de fotógrafos, amadores (turistas) e profissionais, que fotografam a região. Para esta Exposição escolhemos esta mesma “mescla”, com fotógrafos premiados nacional e internacionalmente, como também profissionais de outras áreas, amantes da fotografia, muitos deles residentes na região missioneira.

São eles, Bruno Oliveira, Cláudio Reinke, Marconi Flach, Maysa Frizzo, Paulo Gusmão e Ricardo Braescher.

A Região das Missões está sempre no imaginário do povo gaúcho com um “lugar para conhecer”. Esta é uma oportunidade de matar a saudade para os que já conhecem o destino (com um convite para que retornem) e também uma proposta de sensibilizar muitos a visitarem esta região com mai de 400 anos de história.