Inter empata sem gols com o Santos no Beira-Rio

Neste domingo (13/10), Inter e Santos se enfrentaram no Beira-Rio em partida válida pela 25ª rodada do Brasileirão. Encerrada com o placar de 0 a 0, a jornada apresentou um Inter insistente no ataque e que chegou a balançar as redes duas vezes, mas teve seus gols anulados pelo VAR, que ainda deixou de marcar um pênalti claro em Patrick na primeira metade da etapa final. Com o resultado, o Clube do Povo vai a 39 pontos no Brasileirão.

 

Os visitantes tiveram boa atuação nos primeiros movimentos da partida, tentando esfriar o ímpeto de um Colorado empurrado por sua torcida. A partir dos 20 minutos, no entanto, o Clube do Povo cresceu na partida e criou boas oportunidades, principalmente com Heitor que, como elemento surpresa, causou problemas para a defesa paulista. Já na etapa final, o Inter dominou completamente as ações do jogo, marcou dois gols, com Patrick e Parede, ambos anulados, e ainda exigiu grandes defesas de Everson. Pressão reconhecida pelo Beira-Rio, que aplaudiu o time na saída do campo, mas insuficiente para balançar as redes por uma terceira ocasião.

Na próxima jornada, o Inter visita o Avaí, em Florianópolis, a partir das 19h15 de quinta-feira (17/10). Válido pela 26ª rodada, o confronto coloca frente a frente duas equipes que, quando se enfrentaram no primeiro turno, deixaram o campo após triunfo de 2 a 0 do Colorado, gols de Paolo Guerrero e Edenilson.

http://www.internacional.com.br/

Confira os melhores momentos do confronto:

Primeiro tempo:

0min – Santos começa a partida tentando pressionar. Sasha chuta cruzado e Tailson, muito adiantado, invade a área pela esquerda e empurra para as redes. Arbitragem anula sem nem precisar do VAR.

7min – UHHH! Contra-ataque em velocidade do Inter, de D’Alessandro para Nico, e dele com Parede. O camisa 77 domina pela ponta, corta para dentro e tenta o chute, mas é travado. Na sobra, a bola espirra em Patrick, que por pouco não fica com ela de frente para Everson.

http://www.internacional.com.br/

9min – Tailson recebe na esquerda, invade a área e chuta colocado. Forte demais, ela vai pela linha de fundo.

11min – Cuesta! Marinho invade a área colorada pela direita e manda uma bomba rasteira. El Patrón consegue o corte, preciso.

http://www.internacional.com.br/

16min – Tailson invade a área pela esquerda e faz o chute, que Lomba espalma em boa defesa. No rebote, Marinho manda pela linha de fundo.

21min – UHH! Nico chama a defesa para dançar pela direita, abre espaço na entrada da área e deixa com Heitor. Jovem lateral colorado vem de trás e manda uma bomba, por cima do gol de Everson.

27min – Uhh! Patrick inverte o jogo com Heitor, que arrisca de novo, de longe, por cima.

33min – Opa! D’Alessandro recebe escanteio curto e cruza na marca do pênalti. Roberto estava nela, mas sofre puxão de Lucas Veríssimo. Árbitro nem consulta o vídeo e manda seguir.

40min – Jorge recebe de Marinho e finaliza com força, à meia altura. Bola leva perigo, mas vai pela linha de fundo.

44min – Muda o Inter. Sentindo lesão, Rodrigo Lindoso deixa o campo para a entrada de Bruno Silva.

http://www.internacional.com.br/

45min – Cartão amarelo para Marinho.

45min – Vamos a 48, mais três.

48min – Fim de papo na primeira etapa.

Segundo tempo:

2min – Cuesta leva o amarelo por falta em Evandro.

3min – Nico recebe na esquerda, avança pela ponta e serve Patrick, que escapa bem da marcação e chuta rasteiro. A bola desvia na marcação, mata Everson, e morre nas redes, mas a arbitragem anula o gol por impedimento na origem do lance.

8min – Troca no Santos. Sai Victor Ferraz, entra Jean Mota.

9min – ERA PÊNALTI! COMO NÃO MARCOU? Patrick invade a área pela esquerda e é violentamente derrubado por uma tesoura de Lucas Veríssimo. Sabe-se lá como, a arbitragem não apita.

11min – Pra anular gol, ele aparece… Edenilson descola lançamento cinematográfico para Parede, nas costas da marcação. O camisa 77 deixa ela picar e, de frente para Everson, finaliza, marcando. VAR indica impedimento do atacante colorado no momento do passe e anula o gol.

http://www.internacional.com.br/

13min – Sampaoli e Colbachini recebem cartão amarelo.

17min – No Santos, sai Marinho, entra Uribe.

25min – UHHHHHH! Cuesta manda uma bomba, de longe, precisa. Everson voa para espalmar, salvando o Santos.

27min – Cartão amarelo para D’Alessandro.

28min – Alterações nas duas equipes. No Inter, Neilton entra, Patrick sai. De outro lado, Tailson deixa o campo para a entrada de Alisson.

30min – Uh! Inter escapa em rápido contra-ataque. De Parede para D’Ale, dele com Neilton. Dentro da área, o camisa 17 finta a marcação mas, no momento do chute, é bloqueado.

35min – Cartão amarelo para Jean Mota.

37min – UHHHHHHHHHHH! Heitor cruza da direita, D’Alessandro, na área, consegue excelente domínio e toca para Neilton, que protege da marcação e serve açucarado passe para Nico, dentro da pequena área. O uruguaio, atrapalhado pela marcação, não domina, e ela fica com Everson.

http://www.internacional.com.br/

38min – UHHHH! Parede avança pela direita e chuta rasteiro, com curva. Ela vai pela linha de fundo.

39min – TIROU TIIINTA! Neilton invade a área pela esquerda e manda colocado, buscando o ângulo. Ela raspa o travessão e vai para fora.

40min – Cartão amarelo para Uribe.

42min – Muda Colbachini pela terceira e última vez. Wellington Silva no lugar de Nico López.

43min – Uh! D’Alessandro deixa em Bruno Silva, que manda rasteiro da entrada da área. A zaga trava o chute.

43min – UHHHHHHHH! D’Alessandro dá em profundidade para Parede, que se antecipa à marcação e consegue cruzar rasteiro. Defesa se recupera e afasta em escanteio.

http://www.internacional.com.br/

45min – Mais cinco minutos. Partida se encerra em 50!

50min – Encerrada a partida.

 

 

Ficha técnica:

Internacional (0): Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Zeca; Rodrigo Lindoso (Bruno Silva), Edenilson e Patrick (Neilton); D’Alessandro, Guilherme Parede e Nico López (Wellington Silva). Técnico: Ricardo Colbachini.

Santos (0): Everson; Victor Ferraz (Jean Mota), Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Luan Peres; Diego Pituca, Evandro e Jorge; Marinho (Uribe), Tailson (Alisson) e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

Cartões amarelos: Víctor Cuesta e D’Alessandro (I) Jean Mota, Uribe e Marinho (S).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araujo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Luiz Claudio Regazone. VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda. Quarteto carioca.

Local: Beira-Rio

Público: 13.572. Pagantes: 11.363. Menores: 782. Não pagantes: 1.427.

Renda: R$ 522.030,00

Fonte: Sport Club Internacional