São Miguel das Missões receberá o “REVEZAMENTO DA TOCHA OLÍMPICA-RIO 2016”

0
399
views

No dia 04 de julho de 2016 São Miguel das Missões receberá o “REVEZAMENTO DA TOCHA OLÍMPICA” no Sitio Histórico São Miguel Arcanjo.

Confira abaixo a programação e um breve histórico da tocha bem como o percurso realizado durante este revezamento:

– 8h30min – Acolhida as delegações dos municípios dos municípios vizinhos e das Escolas Locais;
– 9h – Abertura do Evento;
– 9h20min – Início das apresentações artísticas e culturais;
– 10h – Recepção e cerimonia de acendimento e revezamento da Tocha Olímpica;
– Logo após a despedida da Tocha continuação das apresentações, que se estenderá até ao meio dia.
Local: Sítio Histórico São Miguel Arcanjo

A chama Olímpica

Os gregos da Antiguidade consideravam o fogo um elemento divino e mantinham chamas perpétuas acesas em frente a seus principais templos, como no santuário de Olímpia, onde aconteciam os Jogos Olímpicos da Antiguidade. A chama era acesa usando os raios do sol, para assegurar sua pureza, e uma skaphia, espécie de espelho côncavo que converge os raios para um ponto específico. Na Era Moderna, essa mesma cerimônia é reproduzida em Olímpia, onde a chama é acesa em frente ao Templo de Hera meses antes do início de cada edição dos Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno.

O Revezamento da Tocha Olímpica

O Revezamento da Tocha Olímpica é inspirado em duas tradições da Grécia Antiga. Na primeira, corridas de revezamento da tocha eram organizadas em Atenas como tributo a certos deuses. O primeiro participante a chegar ao altar do deus da corrida ganhava a honra de acender o fogo em sua homenagem.
A segunda tradição envolvia mensageiros viajando por cidades da Grécia para anunciar a data exata dos Jogos. Eles convidavam os cidadãos a ir até Olímpia e proclamavam a trégua sagrada, que obrigava todas as guerras a cessar um mês antes do evento e durante as competições, para que atletas e espectadores pudessem ir e voltar com segurança.
Nos Jogos Olímpicos da Era Moderna, o significado ancestral da chama foi resgatado pela primeira vez em Amsterdã 1928, mas o primeiro Revezamento da Tocha Olímpica aconteceu em Berlim 1936, com a chama sendo acesa em Olímpia e transportada para a capital alemã.
Atualmente, meses antes de cada edição dos Jogos Olímpicos de Verão e Inverno, a cerimônia de acendimento dá início ao Revezamento da Tocha Olímpica na Grécia. Após percorrer o território grego por alguns dias, a chama chega à capital Atenas, onde é entregue aos organizadores dos Jogos Olímpicos. De lá, ela é transportada até o país-sede, onde embarca em uma jornada por dezenas de cidades, levando uma mensagem de paz e união. O seu destino final é o estádio da cerimônia de abertura, onde a chama acende a Pira Olímpica e marca o início oficial dos Jogos.

O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016

O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 é realizado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e patrocinado por Coca-Cola, Nissan e Bradesco. Os governos federal, além dos estados e municípios por onde a chama passará, são parceiros na organização, garantindo que os serviços públicos necessários sejam oferecidos.

O percurso da chama olímpica:

– Viajará o país por cerca de 90 a 100 dias
– Percorrerá em torno de 300 cidades dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal
– Percorrerá cerca de 20.000 quilômetros por estradas e ruas do país
– Será carregada por cerca de 12.000 condutores da tocha, em trechos de aproximadamente 200 metros cada
– Atingirá 90% da população brasileira

Este será com certeza um grandioso evento, mobilizando toda a comunidade local e regional pois trata-se de uma oportunidade única para todos estarem em contato com a Chama Olímpica esse símbolo tão importante para a humanidade.
A chama Olímpica é um importante símbolo dos jogos Olímpicos. Representa a paz, a união e a amizade. A tocha por sua vez, é usada para passar a chama de um condutor a outro durante o revezamento até o acendimento da pira na Cerimônia de abertura.
Entre os principais atributos de inovação da Tocha Rio 2016, estão os segmentos que se abrem, revelando elementos de brasilidade: diversidade harmônica, energia contagiante e natureza exuberante.
Esse evento nos proporciona uma oportunidade única de divulgarmos nosso Patrimônio Cultural da Humanidade em todos os meios de comunicação, associando um elemento simbólico tão importante quanto a tocha a um monumento de igual importância histórica e cultural, que é nosso Sítio Histórico, proporcionando assim a possibilidade de aumentarmos o fluxo turístico de nosso município e região.

Fonte: Prefeitura de São Miguel das Missões